Coquetel HIV Causa Diarreia?

Como os medicamentos utilizados no coquetel contra HIV são muito fortes, para impedir a multiplicação do vírus no organismo, podem causar efeitos colaterais bem desagradáveis. Dentre eles, estão as alterações gastrointestinais, as mais frequentes são a diarreia, vômitos e náuseas, e prisão de ventre.

Coquetel HIV pode Causar Diarreia?

coquetel hiv diarreiaEm geral, ocorrem logo no início do tratamento e, na maioria dos casos, desaparecem ou são atenuados após o primeiro mês de uso do medicamento. Aqui vão algumas dicas que ajudam a minimizar os sintomas. Mas o ideal é sempre buscar orientação médica e não abandonar o tratamento com o coquetel antirretroviral.

Uma alimentação saudável é muito importante para melhorar alguns sintomas ou efeitos colaterais que podem aparecer com o uso dos medicamentos. Pois, mantem o equilíbrio do organismo, a hidratação do corpo e recuperar o bem-estar.

Veja Também: Outros efeitos colaterais causados pelo coquetel HIV

Dicas para tratar a Diarreia causada pelo Coquetel HIV

  • Beber bastante líquido entre as refeições: água, água de arroz, água de coco, chás, sucos naturais coados e especialmente soro de caseiro.
  • Não deixar de comer; fazer pequenas refeições de 2 em 2 horas.
  • Lavar e cozinhar bem os alimentos.
  • Evitar açúcar e doces.

Em caso de náuseas e vômitos, recomenda-se:

  • Não ficar de estômago vazio, pois pode piorar a sensação de náusea.
  • Evitar comer os alimentos preferidos, porque, quando o mal-estar passa, esses alimentos podem trazer recordações ruins.
  • Fazer pequenas refeições, se possível a cada 2 ou 3 horas.
  • Ao acordar, experimentar comer alimentos secos, como biscoitos de água e sal, de polvilho, torradas, sem tomar líquido.
  • Não tomar líquidos durante as refeições.
  • Procurar tomar bastante líquido, de preferência soro caseiro, água de coco, sucos, bebidas isotônicas geladas, em pequenas quantidades.
  • Preferir alimentos bem cozidos e pastosos.
  • Evitar alimentos gordurosos, muito temperados, doces e bebidas gasosas.
  • Evitar alimentos quentes; preferir comidas frias ou a temperatura ambiente.
  • Evitar deitar-se após a refeição. Procurar descansar sentado ou recostado.

Para evitar intestino preso, é prudente:

  • Aumentar o consumo de fibras na dieta, comendo mais saladas de folhas e adicionando nas refeições farelo de aveia, arroz ou linhaça.
  • Aumentar a ingestão de água para, pelo menos, 3 litros por dia.
  • Praticar alguma atividade física, o movimento estimula a musculatura intestinal.
  • Usar azeite ou óleo vegetal nas verduras cruas.

Quando os remédios causam gases intestinais, é preciso:

  • Evitar refrigerantes, cervejas, doces, brócolis, couve-flor, couve, feijão, batata-doce.
  • Mastigar de boca fechada e não falar enquanto come, pois aumentando os gases intestinais.

Deixe um comentário!